Portes grátis para encomendas a partir de 45€

Como usar a técnica de Sabrage para abrir garrafas de champanhe ou espumante.

Escrito em 18 de janeiro de 2021

Como usar a técnica de Sabrage para abrir garrafas de champanhe ou espumante.

Sabrage é uma técnica para abrir garrafas de Champanhe ou Espumante com um sabre.

Separamos 8 dicas para você impressionar na próxima festa:

1. A bebida deve estar na temperatura ideal de consumo (entre 6 e 8ºC). Se o líquido estiver quente a garrafa pode explodir com
o golpe.

2. Não sacuda a garrafa para não aumentar a pressão interna.

3. Retire o invólucro que envolve o gargalo e retire, ou solte, a gaiola. Tome cuidado ao tocar a rolha.

4. Enxugue a garrafa para não correr o risco de ela escorregar da sua mão.

5. Posicione-a em um ângulo de 45º. O ideal é que o local seja amplo e que as pessoas estejam atrás de quem abrirá a bebida.

6. Localize a emenda do vidro entre o gargalo e o corpo da garrafa. É onde será aplicado o golpe, já que é onde as duas partes
se unem.

7. Segure com firmeza e treine o movimento algumas vezes antes de realizá-lo.

8. Deslize o sabre pela lateral da garrafa, em um golpe de força média, até atingir a parte protuberante do gargalo.
Se o golpe for certeiro, a pressão irá fazer com que os pedacinhos de vidro vão para longe e que a garrafa se abra.


Produto disponivel na nossa loja e site:

https://www.merceariacosta.com.pt/product/sabre-champanhe


Mais sobre a História:
Na prática é degolar a garrafa de espumante, mas tecnicamente dizemos que o método “sabrage” consiste em expulsar a rolha
e o vidro da ponta do gargalo de uma garrafa de champanhe ou espumante com um “golpe” certeiro utilizando um sabre (semelhante a uma espada). Pode parecer fácil, mas é necessário treino e paciência para fazer bonito em festas de casamentos
e aniversários, por exemplo.

Palavra de origem francesa, a “sabrage”, de acordo com uma lenda, surgiu no século XVIII, quando o imperador Napoleão Bonaparte, conhecido pelo apreço aos champanhes, resolveu inovar na abertura da garrafa com a sua espada, na celebração
da vitória em uma batalha. Com o passar dos anos, o ritual se tornou presente em outras comemorações.

Apesar de poder ser executado em qualquer tipo de espumante, vale dizer que pode causar a perda excessiva de gás de algumas garrafas, então não se recomenda em vinhos de alto custo. Não é difícil de aprender a técnica, mas é preciso ter algum preparo. Como nem todo mundo tem um sabre (espada de lâmina fina, reta ou curva) em casa, é possível fazer com uma faca mais pesada, por exemplo, já que o material não precisa estar afiado – deve-se fazer com o lado sem fio da faca. A pressão dentro
da garrafa é tão forte que só com uma pequena rachadura ocorre a explosão e os vidros são ejetados de forma que não caem dentro da garrafa. Outra forma é executar o processo com a base de uma taça de vidro, como se ela fosse o sabre; com
as de cristal não dá certo, pois elas quebram.

font:
https://g1.globo.com/


×

Página destinada a maiores de 18

Tem idade legal para consumo de bebidas alcoólicas?

Sim Não